Pedágio para Caminhão: Como calcular?

Pedágio para Caminhão: Como calcular?

Seja você um motorista ou um dono de frete, em qualquer circunstância, provavelmente já bateu aquela dúvida sobre como o cálculo de pedágio para caminhão deve ser feito, quais variáveis você deve considerar e ainda sobre o tipo de veículo para cada caso.

Sendo um tema indispensável para quem trabalha com esse tipo de veículo, nós resolvemos explicar passo a passo sobre como a tarifa é feita e os fatores que influenciam no valor final.

Continue lendo este conteúdo para simplificar o processo do pedágio para caminhão!

Como o valor do pedágio para caminhão é determinado

pedágio para caminhão

Em primeiro passo, você deve ter em mente que os cálculos dos pedágios são feitos a partir da “tarifa quilométrica”, que nada mais é do que um valor fixo por quilômetro, que é multiplicado pelo trecho de cobertura. Mas o que isso significa? Ele varia conforme o trecho da rodovia e o seu tipo de veículo utilizado.

Mas lembre-se: as rodovias são divididas entre estradas de pista dupla, sistema rodoviário e estradas de pista simples.

Além disso, engana-se quem pensa que as viagens mais longas são as mais caras, já que nem sempre é assim. Algumas regiões não possuem cobertura feita por concessórias, dessa forma, é possível percorrer grandes trechos sem encontrar um pedágio.

Para ficar por dentro das especificações das tarifas de acordo com a região e o trecho, vale a pena verificar as informações disponibilizas pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), no site você consegue saber mais sobre a infraestrutura das rodovias brasileiras, assim como os valores específicos para calcular o gasto de uma viagem.

Outros fatores que influenciam nos valores de pedágio para caminhão

Outros fatores que influenciam nos valores de pedágio para caminhão

Como dito anteriormente, um dos fatores é o tipo do veículo que passará pela estrada. Os veículos com 2 eixos pagam o dobro, já os veículos de 3 eixos pagam o triplo, como os caminhões trator. Da mesma forma acontece com os caminhões que possuem 4 eixos (aqueles com reboque).

Quanto mais eixos um caminhão tiver, maior será o valor cobrado nos pedágios. É por isso que o valor dos pedágios gera um conflito entre os donos de frotas e as concessionárias que administram rodovias.

Se não houver um planejamento suficiente com todo o custo feito por um trajeto ou uma viagem de longa distância, o prejuízo pode ser grande no final das contas.

Por que os pedágios para caminhão são importantes?

Por que os pedágios para caminhão são importantes?

Apesar de muitas vezes o valor ser alto, essa ainda é uma forma eficiente que as concessionárias encontram de oferecem para os motoristas em troca do pagamento uma rodovia boa, em condições para uma viagem tranquila, fora o auxílio com equipe à disposição do motorista em caso de eventual emergência por algum problema ou em um acidente.

Os valores ajudam a manter em dia o recapeamento da rodovia, a manutenção e possibilita até que algumas rodovias se expandam. Fora isso, as empresas fiscalizam o tráfego o tempo todo.

É importante ressaltar que, por lei, está determinado o pagamento dos pedágios, onde o não pagamento configura uma infração grave de trânsito determinado no artigo 209 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Ebook de 10 dicas para vender seu caminnhão

Dicas e estratégias para facilitar o cálculo do pedágio para caminhão

Dicas e estratégias para facilitar o cálculo do pedágio para caminhão

A verdade é que por mais que os pedágios sejam importantes, chega uma hora que você pode não dar conta de fazer tantos pagamentos e não ter controle sobre o gasto de um trajeto. Por isso, comece a investir em ferramentas para fazer o cálculo dos gastos em uma rota, assim você evita possíveis surpresas e está preparado para realizar uma viagem tranquilamente, e além de tudo, siga essas dicas que preparamos pra você!

·         Cartões automáticos são excelentes! Já pensou ter que parar o veículo e enfrentar uma fila no pedágio quando você menos pode esperar? Para evitar esse estresse, conte com um cartão que possibilita passar pelo pedágio sem parar na cabine para efetuar o pagamento. Essa também é uma forma de controle sobre as contas no fim do mês.

·         Estude outras rotas, se quiser economizar. Mas tome cuidado! Estudar é importante justamente pela prevenção de você não passar por situações preocupantes. Às vezes, as estradas disponíveis para desvio de pedágio para caminhão estão em situações precárias.

·         Gastar menos com caminhão é possível quando se pensa na gestão de frotas. Não importa o tamanho da frota, tudo exige um planejamento para conseguir atingir os lucros desejados e melhorar o negócio de maneira geral. Por isso, pense na logística do negócio e inclua sempre todos os pedágios nos custos das viagens.

·         Automatize o processo de uma viagem com tecnologia. Utilize algum site que detalhe as rotas, é só colocar as informações sobre destino e paradas que a ferramenta vai mostrar o melhor caminho a ser feito, assim como informações sobre trânsito, condições da via, segurança, etc.

·         Utilize ferramentas também para cálculos de pedágios. Hoje em dia, é possível encontrar inúmeros sites que têm essa função e vão te ajudar com eficiência, como o www.qualp.com.br, o www.rotasbrasil.com.br, entre outros.

·         Além disso, se tiver alguma dúvida sobre os valores, entre em contato com as concessionárias responsáveis pelas vias de passagem do percurso.

·         Se você é um dono de frota, não se esqueça de pensar nos demais custos de uma viagem, isso é importante para administrar melhor as finanças. Entre os custos estão o salário do motorista, seguro obrigatório (DPVAT), impostos, IPVA, ferramentas tecnológicas (rastreamento veicular, etc), manutenção, combustível, pneus, entre outros.

Agora é só pesquisar dentro desses sistemas o valor para sua viagem e os custos com pedágio para caminhão e não se esquecer de montar um planejamento específico para cada rota. Assim, a frota não é comprometida com o custo indesejado e o motorista não é pego de surpresa.

Use a tecnologia ao seu favor e mantenha sempre formas mais fáceis de simplificar o pagamento dos pedágios, como através de cartões automáticos. Dependendo do tipo de carga transportada, é muito vantajoso manter o caminhão sem nenhuma parada e você evita eventuais problemas.

Viu como é simples calcular o pedágio para caminhão? Um bom gestor de frotas e um caminhoneiro sempre se previnem sobre esses e outros custos!

Gostou do nosso conteúdo? Então leia os outros no Blog do CEC.

Infográfico: o que todo caminhoneiro precisa ter dentro do seu caminhão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *