Tudo que você precisa saber para ganhar dinheiro com caminhão

Tudo que você precisa saber para ganhar dinheiro com caminhão

Ganhar dinheiro com caminhão parece ser uma missão quase impossível. Com o valor do frete baixo e despesas altas fica difícil conseguir fazer sobrar algum dinheiro. A conta não fecha. Mas, com um pouco de organização e atenção em pequenos detalhes é possível tornar o seu negócio um pouco mais rentável.

5-CALCULAR O CUSTO POR QUILÔMETRO RODADO

É muito importante calcular o custo do km rodado para saber se o frete negociado vai trazer algum tipo de prejuízo. Nesta conta deve-se levar em consideração todas as variáveis de gastos da operação e da perda de patrimônio. Entre os custos podemos citar:

  • Impostos (IPVA, Licenciamento, entre outros)
  • Seguros veiculares
  • Depreciação
  • Custos variáveis que oscilam de acordo com o uso dos caminhões:
    • Manutenção preventiva
    • Pneus
    • Combustível
    • Gastos com pedágios
    • Seguro da carga
    • Despesas diversas de viagem

4-APLICATIVOS DE FRETE

Apesar da ferramenta ainda ser utilizada com certo receio pelos motoristas ela tem como principal objetivo facilitar a intermediação entre o autônomo e os embarcadores de carga, papel tradicionalmente feito pelos agenciadores de carga. Desta forma, é possível obter um valor de frete maior em relação a uma carga negociada através de um agenciador.

Todas as informações do frete e da empresa constam na plataforma, evitando desgaste na hora da negociação e gerando maior confiança ao motorista.

Mas é importante alguns cuidados para ter sucesso com os aplicativos:

  • Manter o cadastro sempre atualizado
  • Fornecer todos os documentos solicitados
  • Registro na ANTT
  • Identificar as melhores rotas e tipo de caminhão
  • Manter a manutenção em dia do caminhão
  • Verificar a procedência do aplicativo
  • Confirmar todas as informações do frete oferecidas pela empresa

3-CAMINHÃO ATUALIZADO E COM A MANUTENÇÃO EM DIA

Geralmente o embarcador tem a tendência de optar por caminhões mais novos e com a manutenção em dia. Então é imprescindível que o motorista não descuide da conservação do seu veículo. É  importante  também ter os documentos pessoais e do veículo em bom estado e válidos, além de equipamentos de proteção individual (EPIs), rastreador e seguro, entre outros itens.

Especialistas garantem que reparos preventivos são, em média, três vezes mais baratos que reparos corretivos. Essa economia diz respeito apenas ao conserto dos veículos. Se forem acrescidas as perdas com paradas não programadas, cargas, garantia e outros, a realização de revisões periódicas são ainda vantajosas.

Estar com o caminhão em dia evita também atrasos das entregas, quebra de contratos, veículos parados e perdas das cargas, por conta de tombamentos, saques entre outros inconvenientes que tornam o motorista menos competitivo.

2-FRETE DE RETORNO

Rodar vazio é sempre a pior opção para o autônomo. É muito importante que o motorista tenha sempre em um frete de retorno para ajudá-lo a pagar as despesas. Nesse aspecto, os aplicativos de frete podem ajudar pois é possível verificar as cargas disponíveis e que sejam compatíveis com as datas de chegada e partida do destino.

Assim, é muito importante que todas as viagens realizadas sejam planejadas com atenção. O frete de retorno é uma excelente estratégia para elevar a rentabilidade e potencializar a sustentabilidade do negócio.

Algumas dicas para garantir frete de retorno:

  • Pesquisar as oportunidades do destino final de entrega de uma carga
  • Forme parcerias com embarcadores e transportadores
  • Negociar um valor que cubra os custos da ida e volta

1-FRETE DIVERSIFICADO

Em tempo de crise é importante aumentar a quantidade de serviços para manter a receita no mesmo nível. Muitos autônomos já perceberam que restringir o tipo de carga pode contribuir para um baixo faturamento.

Uma alternativa é estudar novas possibilidades e oportunidade e saber quais fretes e serviços podem ser realizados pelo tipo de veículo que você possui e assim se tornar mais competitivo.

Podemos citar o caminhão graneleiro que pode ser também utilizado para o transporte de produtos que não exijam muita proteção.

Então fiquem atentos: reduzir as opções de frete faz com que o autônomo tenha que trabalhar muito mais para conseguir um faturamento razoável no final do mês.

Matéria Original: https://www.ocarreteiro.com.br/tudo-que-voce-precisa-saber-para-ganhar-dinheiro-com-caminhao

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *